Cárie: tem muita coisa que você (ainda) não sabe

Cárie: tem muita coisa que você (ainda) não sabe

A cárie dentária é um dos problemas de saúde bucal mais comuns que existe, afetando pessoas de todas as idades. Tudo começa com o acúmulo de restos de alimentos nos dentes somado à má higiene bucal, que resulta no surgimento das lesões. A boa notícia é que essa doença pode ser evitada com uma rotina de cuidados dentários e visitas regulares ao dentista.

O que é cárie?

As cáries são furos e lesões estruturais nos dentes, sinais de deterioração. Diversos fatores podem levar uma pessoa a apresentar esse problema. Porém, ele geralmente acontece quando restos alimentares ficam acumulados nos dentes e se unem à uma série de bactérias que já estão em nossa boca.
Essa mistura produz ácidos que, com o tempo, favorece a desmineralização do esmalte dentário, ou seja, pode corroer a superfície dos dentes e formar a cárie.
Se não forem tratadas rapidamente, as cáries podem se tornar cada vez mais profundas e comprometer também as camadas interiores do dente, como a polpa, podendo chegar a formar um abscesso (acúmulo de pus na região) e infeccionar a raiz do dente, o que torna necessário um tipo de tratamento já mais complexo: o famoso tratamento de canal.
A cárie pode ocorrer em dentes de leite (decíduos), assim como em dentes permanentes, podendo aparecer em bebês de poucos meses, assim como em idosos. Estima-se que todas as pessoas eventualmente apresentarão cáries ao menos uma vez na vida. Independente se é passageira ou permanente, a cárie deve ser tratada o mais rápido possível.

Blog-Carie_Foto-1

Quais são as causas da cárie?

Diversos fatores podem influenciar no surgimento da cárie. Um deles são as alterações imunológicas que podem modificar a composição salivar e fazer com que haja menos proteção por parte da saliva.
Além disso, alimentos mais fáceis de ficarem presos aos dentes por um longo tempo, como doces, frutas secas e bolos, têm mais chances de causar cárie do aqueles que são facilmente dissolvidos pela saliva.
Não escovar os dentes logo após as refeições também pode levar à formação de placas, que são favoráveis para o surgimento das cáries. Uma escovação frequente e feita de maneira correta pode ajudar a prevenir o problema. Isso porque, além de remover os resíduos de alimentos, o flúor, presente na maioria dos cremes dentais, ajuda a prevenir as cáries e pode até mesmo reverter os estágios iniciais de danos aos dentes.

Tipos de cáries dentárias

  • Coronária: São as cáries mais frequentes, as quais podem ocorrer tanto em adultos como em crianças. Afetam a parte visível dos dentes, chamada de coroa.
    Por ser mais superficial, esse é considerado o tipo de cárie de mais fácil diagnóstico e tratamento, uma vez que pode ser identificada mais rapidamente pelo dentista, além de ser um local de fácil acesso aos recursos utilizados para o tratamento.
  • Radicular: À medida que envelhecemos, a gengiva se retrai, deixando partes frágeis do dente expostas. Como não existe esmalte cobrindo as raízes dentárias, estas áreas que ficam visíveis se deterioram facilmente, provocando cáries do tipo radicular.
    Ou seja, esse tipo afeta diretamente a raiz dos dentes, sendo mais grave, uma vez que o tecido desta área é menos duro que o esmalte, permitindo que o desenvolvimento da lesão de cárie seja mais rápido.
    A utilização frequente e diária do fio dental tem relação direta com a prevenção desse tipo de cárie, já que ele impede que haja a formação de tártaro, o que previne não só a formação de placa bacteriana, como também a própria retração das gengivas.
  • Recorrente: Trata-se de uma cárie associada ao comprometimento regular de uma mesma região. Geralmente, esse tipo de cárie afeta áreas de maior acúmulo de placa bacteriana, como áreas em que existem restaurações. Sendo assim, a melhor forma de prevenção é também uma maior atenção com relação à higiene bucal.

Quais são os sintomas da cárie?
O principal sintoma da cárie é a dor de dente, mas em alguns casos pode ainda ocorrer:

  • Sensibilidade ao comer ou beber algo frio ou quente;
  • Mau-hálito;
  • Presença de furinhos em um ou mais dentes;
  • Manchas escuras na superfície dentária;
  • Gengiva inchada e dolorida.

Na fase inicial, muitas vezes a cárie não apresenta qualquer sintoma e, por isso, quando surgem os primeiros sinais é muito importante ir imediatamente ao dentista para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado, evitando complicações como uma infecção mais grave ou a perda de um dente.

Qual o tratamento indicado para cárie?

Se estiver na fase inicial, o dentista consegue reverter o processo de desmineralização do dente com aplicações de flúor, que devem ser complementadas com uma boa higiene bucal.
Quando a cárie está na fase intermediária e atingiu poucos dentes, o tratamento indicado é a obturação, que tem como objetivo devolver a forma e função dentária.
Nesse procedimento, o dentista retira a cárie, limpa a região, trata e restaura a parte que foi comprometida. Ele faz a cobertura do dente com uma substância que pode ser resina, amálgama, porcelana ou ouro.
Porém, em casos mais avançados, quando muitos dentes foram afetados, o procedimento pode ser mais complexo, sendo preciso até recorrer ao tratamento de canal.

Como prevenir a cárie?

Para prevenir a cárie e deixar seu sorriso mais bonito é necessário manter uma alimentação nutritiva e equilibrada, evitar alimentos ou bebidas açucarados e beber bastante água para estimular a produção de saliva. Além disso, também é fundamental escovar os dentes logo após todas as refeições, usar fio dental e visitar regularmente o dentista.

Blog-Carie_Foto-3

Alimentos que ajudam a evitar a cárie

Além da maçã ajudar a limpar os dentes e os queijos amarelos equilibrarem o pH da boca, diminuindo o risco de cáries dentárias, existem outros alimentos que também podem ajudar nesse controle:
– Alimentos fibrosos como cenoura, pepino e salsão;
– Alimentos ricos em proteínas como atum, ovos e carnes, que também podem ser consumidos nos lanches em forma de sanduíche.

Blog-Carie_Foto-4

Agende uma avaliação na SIM-Dentista do Povo!

Unidade Guarulhos (SP)
Estrada do Sacramento, 1106, Cidade Tupinambá
Telefone: (11) 2611-7561
WhatsApp: (11) 98217-5400

Unidade Mogi das Cruzes (SP)
Rua Princesa Isabel de Bragança, 235, Sala 107 – Centro
Telefone: (11) 2378-9042
WhatsApp: (11) 99523-3650